Logo Ilimitado

⤹ Inscreva-se no YouTube⤵


por Andreyver Lima - Mais uma edição do Troféu Manoel Classic de Fisiculturismo, premiou atletas por meses de preparação e dedicação ao esporte. O público formado por amigos, familiares, profissionais e amantes do esporte, lotou o auditório do Sest/Senat, no sábado, 24, em Itabuna.

Promovido pela LIFF - Liga de Fisiculturismo e Fitness - o campeonato teve status regional, tendo a participação de atletas de varias cidade da Bahia. O troféu e o prêmio de R$300 ao vencedor de cada categoria, trouxe mais de 40 inscritos, restando 13 campeões. Este ano, o treinador do overall também foi premiado.

Os atletas fizeram apresentações coletivas e individuais, enquanto jurados comparavam um ao outro. No esporte existem posições e ângulos estabelecidos para ressaltar essas definições e composições musculares. São observados: simetria, volume, proporção e a definição muscular. Os atletas devem ter presença de palco e postura a fim de demonstrar sua personalidade, e a capacidade de apresentar-se no palco com confiança deve ser visível a todos.

Confira os campeões por categoria:

Fisiculturismo Júnior (Ruy Abreu)

Garota Fitness (Thauany Sousa Lima)

Fisiculturismo Clássico (Rodrigo de Jesus Souza)
Fisiculturismo Master (Jackson Souza Leal)
Garoto Fitness (Rafhael Martins)

Miss Biquíni (Mariana Paz)
 Men´s Physique Júnior (Jefferson Carvalho)
Men´s Physique Sênior até 1,75 (Eric Junio De Melo)
Men´s Physique Sênior acima de 1,75 (Cleberson Borges Ribeiro)

Wellness (Esther Mgalhães)
Fisiculturismo Sênior até 75kg (Rodrigo de Jesus Souza)
Fisiculturismo Sênior até 85kg (Marcos Vinicius Fonseca)
Fisiculturismo Sênior acima de 85kg (Tharlis Henrique)
Campeão Overall (Rodrigo de Jesus Souza)

Em junho de 1995, o escritor e filósofo Umberto Eco, autor dos clássicos “O Pêndulo de Foucault” e “O Nome da Rosa”, publicou um ensaio enumerando 14 características comuns do fascismo.
Em seu texto, publicado no “New York Review of Books”, Umberto Eco escreve: “apesar da imprecisão do termo, acho que é possível fazer uma lista de elementos que são típicos do que eu gostaria de chamar de Fascismo Eterno. Esses elementos não podem ser organizados em um sistema; muitos deles contradizem uns aos outros, e também são típicos de outros tipos de despotismo ou fanatismo. Mas basta que um deles esteja presente para permitir que o fascismo se organize em torno dele”. 

Com a eleição de Jair Bolsonaro à presidência do Brasil, o mundo voltou os olhos para cá, preocupado com o crescimento deste fenômeno que acontece também em outros países: o fascismo respaldado pelas urnas. 

As 14 lições deixadas por Umberto Eco são de uma atualidade assustadora: 

1 — O culto à tradição. Basta olhar para o programa de todo movimento fascista para encontrar ali os maiores pensadores tradicionalistas.

2 — A rejeição ao modernismo. O Iluminismo, a Idade da Razão, é visto como o começo de toda a depravação moderna. O fascismo pode ser definido como irracionalismo.

3 — O culto à ação pela ação. A ação, sendo bela por si só, deve ser tomada antes, ou mesmo sem qualquer reflexão prévia. Pensar é uma forma de emasculação.

4 — Discordância é traição. O espírito crítico faz distinções, e isso é uma forma de modernismo. Na cultura moderna a comunidade científica elogia a discordância, como uma forma de aprimorar o conhecimento.

5 — Medo das diferenças. O primeiro apelo de um movimento fascista ou prematuramente fascista é contra os intrusos. Assim, o Fascismo Eterno é racista por definição.

6 — Apelo à frustração social. Um dos mais típicos traços do fascismo histórico foi o apelo a uma classe média frustrada, uma classe que sofre os efeitos de uma crise econômica ou abriga sentimentos de humilhação política, assustada pela pressão de grupos sociais subalternos.

7 — A obsessão por um enredo. Os seguidores devem se sentir sitiados. A forma mais fácil de resolver isso é apelando à sua xenofobia.

8 — O inimigo é ao mesmo tempo forte e fraco. Através de uma contínua oscilação no foco retórico, os inimigos são ao mesmo tempo fortes demais e excessivamente fracos.

9 — Pacifismo é se confraternizar com o inimigo. Para o Fascismo Eterno, não existe a luta pela vida: em vez disso, a vida é vivida para lutar.

10 — Desprezo pelos fracos. Elitismo é um aspecto típico de qualquer ideologia reacionária.
11 — Todos são educados para se transformarem em heróis. Na ideologia do Fascismo Eterno, heroísmo é a norma. Este culto ao heroísmo é estritamente ligado ao culto à morte.

12 — Machismo e armas. O Machismo implica ao mesmo tempo um desdém pelas mulheres e uma intolerância — e condenação — a hábitos sexuais fora do padrão, da castidade à homossexualidade.

13 — Populismo seletivo. No nosso futuro haverá o populismo de TV ou de Internet, no qual a resposta emocional de um seleto grupo de cidadãos pode ser apresentada e aceita como a Voz do Povo.

14 — O Fascismo Eterno fala a Novilíngua de Orwell. Todos os livros didáticos do Nazismo ou Fascismo faziam uso de um vocabulário pobre e de sintaxe elementar, a fim de limitar os instrumentos para um raciocínio complexo e crítico. 



Do Portal Vermelho, com Revista Bula

Ao contrário de sua explosiva passagem pelo Brasil, onde se colocou frontalmente contra a candidatura do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e, por conta disto, foi hostilizado por setores da extrema-direita, o cantor e ativista inglês Roger Waters foi nomeado, nesta sexta-feira (2), visitante ilustre de Montevidéu.

O cantor se declarou admirador do ex-presidente José Mujica, que governou entre 2010 e 2015, e das políticas econômicas uruguaias.
“É maravilhoso estar aqui em Montevidéu porque o Uruguai tem muito valor para o resto dos cidadãos do mundo”, declarou.

Ele faz seu primeiro show no país neste sábado (3).

Waters disse que mesmo com uma pequena população (cerca de 3,3 milhões de habitantes), a nação é “enorme em termos da influência que tem”.

“Agradeço a ‘Pepe’ Mujica, entre outros, por ter tido a inteligência e o coração para mostrar que há outros caminhos”, disse o músico de 75 anos, que explicou que a outra via a que se refere é a da “comunidade”.

“Temos que aprender a atuar como uma comunidade global de seres humanos”, assinalou e ressaltou que no dito coletivo todos deveriam ser iguais perante as leis internacionais de direitos humanos e que deveríamos reduzir a “horrorosa” desigualdade entre os “imensamente ricos e o resto dos seres humanos”.

Com informações Agência Brasil

REDAÇÃO DIÁRIO BAHIA - O anúncio da demissão de 550 contratados, feito hoje pela secretária de Governo Maria Alice Pereira, é mais um ponto do cenário de crise que envolve o governo Fernando Gomes. Ela havia adiantado, em entrevista ao Diário Bahia, que as exonerações aconteceriam ainda este mês e disse o porquê de afastar servidores.

A situação também se reflete na extensa greve dos professores da rede municipal, cuja reposição de aulas pode prolongar-se até após o Carnaval. As negociações com a categoria foram suspensas, sem que houvesse acordo em torno do percentual de reajuste salarial.

O clima também é de mal-estar entre os agentes da Sesttran (Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito) e o titular da pasta, Coronel Santana. Os descontos na folha de pagamento são constantes, devido a supostas irregularidades atribuídas aos referidos agentes e, ao receber a remuneração, percebem que boa parte está vindo subtraída.

Como o prefeito Fernando Gomes está prestes a encerrar o segundo ano de mandato e vem um novo governo federal por aí, não se pode antever – ao menos em curto prazo – qualquer mudança positiva nas finanças do município.

Os adversários tecem duras críticas à administração, alegando – com certo sarcasmo – que a “Marreta do 25” tem trazido resultados indesejáveis para a população itabunense.

Restaurante Popular

Outra medida amarga foi o anúncio de fechamento do Restaurante Popular, que oferece refeições diárias com o preço de R$ 3,00 e funcionaria hoje pela última vez. O serviço atende a pessoas que moram longe ou mesmo que venham fazer exames ou algo do tipo no centro da cidade.

Por volta do meio-dia, porém, o governo estava negociando com a empresa gestora do restaurante. A torcida é para que este setor tão importante, sobretudo para a população de baixa renda, não deixe de funcionar.

O vereador Jairo Araújo, juntamente com o Sindicato dos Comerciários de Itabuna, e membros da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), realizaram um protesto na manhã desta terça-feira (30) contra o fechamento do Restaurante Popular. O ato ocorreu em frente à unidade que será fechada, no centro de Itabuna.

Para o vereador e presidente do Sindicato dos Comerciários, Jairo Araújo, o município de Itabuna vive um caos administrativo. “Não há um posto de saúde em Itabuna que funcione plenamente, os professores estão em greve há mais de dois meses, mas a prefeitura não abre mão de seus contratos de assessoria, do lixo e alugues milionários. Ou seja, a prefeitura não consegue manter nada funcionando e ainda fecha o que funcionava minimamente”, denunciou Jairo.

Veja abaixo a íntegra da nota publicada pelo Sindicato dos Comerciários:

O Sindicato dos Comerciários de Itabuna vem a público manifestar seu repúdio ao fechamento do Restaurante Popular, que atendia a diversos trabalhadores e trabalhadoras, desempregados, trabalhadores informais, sem tetos e excluídos em geral, com refeições de qualidade a preços acessíveis.

O governo FG dá mais uma demonstração de insensibilidade e falta de compromisso com o povo de Itabuna. Num momento de intensa crise, quando o povo mais precisa desse tipo de política, FG dá as costas à população. A gestão já havia fechado a unidade que funcionava no bairro de Fátima e agora anuncia o fechamento da unidade do centro da cidade, prejudicando a classe trabalhadora e a comunidade carente, comprometendo a segurança alimentar da população. Vale ressaltar que o Restaurante Popular é um programa social que tem contrapartida de verbas federais. É mais um programa social abandonado pelo governo municipal. O povo de Itabuna não merece tanto descaso

O Sindicato dos Comerciários de Itabuna exige uma explicação e que o governo se comprometa com a reabertura do Restaurante Popular, estabelecendo prazo para normalizar este programa essencial.




Por Andreyver Lima - Pela primeira vez no Brasil, o Mister Olympia, evento de fisiculturismo que só acontece nos Estados Unidos, - berço do esporte - teve sua edição nos dias 19, 20 e 21 de outubro em São Paulo, durante a Brasil Trading Fitness, feira exclusiva do mercado de fisiculturismo e fitness.

O itabunense Christian Lucena, atleta de fisiculturismo, realizou um de seus sonhos, quando subiu ao palco na categoria Sênior de 80kg, ficando em 5º lugar contra outros 20 candidatos. A disputa valia o 'ProCard', título para se tornar profissional. "Eu não tenho palavras para expressar felicidade. Foi algo que jamais poderia passar minha cabeça." disse em entrevista.

Para Christian a maior dificuldade é a falta de apoio. "Infelizmente a questão financeira e a falta de patrocínio são os maiores obstáculos para um atleta de alto rendimento que precisa estar nas competições. As empresas custam acreditar no sonho do atleta, no potencial de cada um, mas desde quando comecei não me deixei abalar. Parar nunca foi opção pra mim."

Recentemente Lucena participou também da Muscle Contest e foi campeão do Generation Iron Master. "Graças a Deus já fui para três competições internacionais e tenho conquistado apoios, como da Hebreus Academia, com Manoel do Carmo, que abraçou a causa e tem me incentivado a continuar no esporte. Com isso eu venho conseguindo dar pódio nas competições e fico feliz em representar o meu estado e a minha cidade."

Animado com os resultados deste ano, o atleta tem incentivado outros jovens a entrarem no esporte. "Tem uma garotada que ta chegando e eu tenho orientado, buscado passar os pontos positivos do fisiculturismo. Existe muito preconceito com o esporte, mas a boa orientação faz a diferença."

A próxima competição acontece em Itabuna e está marcada para 24 de novembro o II Troféu Manoel Classic de Fisiculturismo. Para Christian, o evento reforça o crescimento do esporte. "É um evento que vem a agregar e abrir espaço para outros atletas. Acreditem nos seus sonhos, corra atrás e não desista. Você tem que ter fé e permanecer firme que é só uma questão de tempo. Seu sonho nunca vai ser mais importante para os outros a não ser para você mesmo."